previous arrow
next arrow
Slider

Em três dias de evento foram mais de 300 participantes de várias regiões do país

(Brasília, 26/03/2019) – A Escola Superior de Ciências da Saúde (ESCS) realizou, na quinta-feira passada (21), solenidade de abertura do 1º Simpósio de Metodologias Ativas na Educação, que foi encerrado no sábado (23) e teve o objetivo de promover discussões e cursos sobre as diferentes demandas das metodologias ativas com as diversas estratégias educacionais.

A abertura do evento contou com a presença do diretor executivo da Fundação de Ensino e Pesquisa em Ciências da Saúde (Fepecs), Fundação que mantém a ESCS e vinculada à Secretaria de Saúde do Distrito Federal, Marcos de Sousa Ferreira, do diretor da ESCS,Ubirajara Picanço, da presidente da Associação Brasileira de Enfermagem do Distrito Federal, Rosalina Sudo, e do coordenador do curso de Enfermagem da ESCS,Rinaldo Neves.

O coordenador ressaltou que o simpósio é um sonho realizado e que contou com a participação de profissionais de outras áreas, alem da educação, comoenfermeiros, educadores, engenheiros, advogados, educadores físicos, veterinários, fisioterapeutas, além de médicos e estudantes. A presidente da Aben destacou, por sua vez, a metodologia ativa como uma metodologia de transformação na maneira de ver, de pensar e de fazer a educação.

O diretor da ESCS enfatizou, por sua vez, que a metodologia ativa está presente desde o inicio dos cursos de medicina e enfermagem. “O Simpósio é uma maneira de trazer novas formas da aplicação de metodologia ativa e uma grande oportunidade de discussão para poder saber o que está acontecendo nas diversas outras áreas”, disse.

O diretor da Fepecs, que finalizou a mesa de abertura, parabenizou a organização do Simpósio e ressaltou a importância do evento. “Este Simpósio levanta debates importantes na educação tendo como objetivo a aprendizagem ativa na formação de profissionais, sendo o estudante responsável pela construção do seu próprio conhecimento, a partir do estudo do problema”, destacou.

A líder do grupo de pesquisa em metodologias ativas da ESCS e coordenadora do primeiro simpósio de metodologias ativas na educação, Manuela Costa Melo, reforçou que o evento visa promover a aprendizagem ativa e a adequação dos projetos pedagógicos das instituições de ensino às novas diretrizes curriculares nacionais. Na ocasião, a doutora em saúde coletiva, Eliana Ribeiro, docente da Universidade do Rio de Janeiro, realizou palestra de abertura sob o tema “Trajetória histórica de transformações educacionais com as metodologias ativas: desafios para a formação de profissionais contemporâneos. 

 

(da esquerda para a direita): professora Manuela Costa; Rosalina Sudo ( presidente da Aben); Rinaldo Neves (Coordenador do Curso de Enfermagem); Eliana Ribeiro (palestrante) e o diretor da ESCS, Ubirajara Picanço.