Estudantes de medicina da ESCS utilizam técnicas de simulação realística

Estudantes de medicina da ESCS utilizam técnicas de simulação realística

Alunos do 5º ano de medicina simularam o parto normal e complicações obstétricas utilizando a robô Noelle.

 

No enfrentamento da pandemia do novo coronavírus, a Escola Superior de Ciência da Saúde (ESCS), mantida pela Fundação de Ensino e Pesquisa em Ciência da Saúde (FEPECS), vem acreditando no uso de estratégias de ensino remoto, utilizando plataformas de ensino online e fazendo a utilização de simulação realística.

Essa prática vai garantir a segurança dos estudantes e desenvolver nos futuros médicos habilidades e competências cognitivas e sociais, que complementam a técnica para o desempenho da prática do profissional, com qualidade e segurança. Em parceria com o Hospital Materno Infantil de Brasília (HMIB), na última semana, os estudantes do 5º ano de Medicina simularam o parto normal e as complicações obstétricas utilizando a robô Noelle.

Consciência situacional, tomada de decisão, comunicação, trabalho em equipe, liderança, gerenciamento de conflito e fadiga são habilidades essenciais que podem ser treinadas pelos estudantes utilizando técnicas de simulação realística.